Um festival que reúne dezenas de artistas da música e das artes cênicas numa programação que busca valorizar a cultura feita no Pará e ampliar a visibilidade dos trabalhos locais. O Festival Jambu Live retorna em sua segunda edição com novos nomes e a energia de sempre para fazer todo mundo tremer em casa. A programação começa no dia 2 de dezembro, às 18h, e reúne nomes como Dayse Addario, Guitarrada das Manas e Nic Dias.

 

O Jambu Live é uma das atividades dos projetos de extensão da Universidade Federal do Pará, Jambu Festival e Conexões Periferia, ambos coordenados pela Profa. Dra. Regina Lima, vice-diretora da Faculdade de Comunicação. “O grande destaque desta edição é que nela o projeto assume o lugar de ampliar a visibilidade dos artistas. Estamos nos propondo como uma janela para esses artistas. Um espaço para divulgar trabalhos de diferentes lugares”, afirma. Regina reitera que o festival não tem fins lucrativos e pontua também que caracteriza as pessoas que participam este ano do projeto como apoiadores, visto que eles também estão abraçando a proposta e tornando esta edição possível.

 

Do carimbó ao brega, passando pela guitarrada, MPP e rap, o Festival apresenta a variedade de ritmos musicais que embalam as festas da Amazônia. O Jambu Live 2021 busca dar continuidade ao sucesso da edição do ano passado, que reuniu mais de 70 atrações. O Festival tem como objetivo valorizar as diversas produções culturais do estado do Pará e ajudar a ampliar a visibilidade de artistas, bandas e grupos.

 

Para compor a programação deste ano, a produção do Festival buscou garantir essa pluralidade e contou com a ajuda da cantora e técnica vocal, Dayse Addario, para a escolha dos nomes. Sobre essa experiência, Dayse conta que “isso me oportunizou falar com as pessoas, algumas que eu não conhecia. Voltar a entrar em contato com pessoas do nosso ciclo musical foi bom. E o melhor, para dar boa notícia. Tem coisa melhor para quem canta ou toca do que um convite para cantar?”.

 

O festival ocorre nos dias 2, 3, 4, 5, 9 e 10 de dezembro ao vivo na internet. A programação é gratuita e para acompanhar as transmissões, basta acessar o canal no YouTube do Festival Jambu Live ou pela Rádio Web UFPA.

A Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa apoia o Festival Jambu.

 

Links das redes sociais

 

www.facebook.com/jambulive

www.instagram.com/jambulive

www.twitter.com/jambulive

www.youtube.com/jambulive