A Universidade do Estado do Pará (UEPA) ofertará 100 vagas para a segunda edição do Forma Pará, programa estadual de expansão do ensino superior. As turmas são de Ciências Naturais com Habilitação em Química e de Enfermagem. Os municípios contemplados são Bagre e Curuçá. As inscrições terminam nesta quinta-feira, 30 de janeiro, no site da FADESP (www.portalfadesp.org.br).

Os interessados em participar do Processo Seletivo Especial II (PROSEL II) devem ler atentamente o edital de abertura, que está disponível na página de inscrição, no site da FADESP. O documento traz as regras de participação e seleção.

Das 100 vagas ofertadas, 50 são para a turma de Ciências Naturais com Habilitação em Química que funcionará no município de Bagre, no regime intervalar intensivo. As aulas devem ser iniciadas em junho deste ano.

As outras 50 vagas serão para a turma de Enfermagem que funcionará em Curuçá, no regime regular intensivo. A previsão é que as aulas iniciem em março deste ano. Ambos os cursos são destinados a quem concluiu ou concluirá o Ensino Médio ou equivalente até a data da habilitação para matrícula.

As inscrições são online e serão realizadas até o dia 30 de janeiro. O candidato deve preencher o formulário online, gerar e pagar a taxa de R$ 50,00. O cartão de inscrição será disponibilizado no dia 04 de fevereiro e a prova será realizada no dia 09, no município para o qual o candidato se inscreveu.

Candidatos que moram no município onde a vaga é ofertada terão bônus de 10% sobre a pontuação. A bonificação foi criada para atender um dos objetivos do Forma Pará que é garantir o acesso ao ensino superior para aqueles que moram em locais onde não há campi universitário e não estão em condições de se deslocarem para outros municípios. Os beneficiados deverão comprovar o endereço para não perderem a vaga, caso passem.

O Forma Pará é executado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Educação Profissional e Tecnologia (Sectet) através de parceria com as universidades, institutos tecnológicos e prefeituras. O termo de cooperação também envolve a FADESP como responsável pela realização do processo de seleção.