Os gabaritos das provas aplicadas no domingo, 12, para o Processo Seletivo Especial da Universidade Federal do Pará (UFPA), da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará e da Universidade do Estado do Pará (UEPA) estão disponíveis nas páginas oficiais de acompanhamento aqui do site de concursos da FADESP. Os mais de 5 mil candidatos estavam distribuídos em 14 municípios do Pará.

As provas aplicadas entre as 8h e 13h eram de conhecimentos gerais, sendo 35 questões objetivas (cinco de cada uma das disciplinas de Português, Matemática, História, Geografia, Física, Química e Biologia) e Redação. Para não ser eliminado na prova objetiva, o candidato deverá acertar, no mínimo, 20% do total de pontos (7 questões).

Conforme o edital, somente os candidatos não eliminados na prova objetiva e na quantidade de até três vezes o número de vagas ofertadas para cada curso terão a Redação corrigida. Ela valerá até 10 pontos e a pontuação será somada à da prova objetva para a definição da nota final que será utilizada para a classificação geral.

O PROSEL da UFPA preencherá 600 vagas para Administração (Bagre, Viseu, Augusto Corrêa e São João de Pirabas), Turismo (Portel e Tucuruí), Engenharia Civil (Goianésia), Serviço Social (Curuçá, Gurupá e Mocajuba) e História Licenciatura (São João de Pirabas e Tucuruí).

O da UNIFESSPA tem 100 vagas para Engenharia Civil (Redenção) e Direito (Mocajuba) e o da UEPA tem 200 vagas para Educação Física (Gurupá, Benevides e Melgaço) e Geografia Licenciatura (Salinópolis). Nos editais de abertura de cada Prosel, consta a tabela de cursos ofertados com a respectiva modalidade de ensino.

Os cursos de graduação serão realizados de forma intensiva. Alguns deles terão as disciplinas ministradas no regime intervalar (ofertadas, prioritariamente, nos meses de janeiro, fevereiro e parte de março e também nos meses de julho e parte de agosto) e outras no regular (ofertadas, prioritariamente, nos meses de março a junho e de agosto a dezembro).

Do total de vagas, no mínimo 50% serão destinadas a pessoas que cursaram todo o ensino médio em escola pública ou em escola particular, desde que tenham sido bolsistas. Dessa porcentagem, metade será reservada aos inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal, havendo, ainda, cota para autodeclarados pretos, pardos, indígenas ou quilombolas e Pessoa com Deficiência (PcD).

O PROSEL de cada uma das instituições tem uma página individual acesso ao edital, cartão de inscrição e acompanhamento das atualizações. Todas elas estão disponíveis no site de concursos da FADESP, a organizadora dos seletivos que atendem ao programa estadual Forma Pará, idealizado para expandir a interiorização da graduação no Estado.