Foi realizada, neste domingo (11), a prova do Processo Seletivo Especial (PSE) 2023 da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA) e a Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA). Mais de 11.400 candidatos se inscreveram e concorreram a 1.790 vagas.

Realizado em 35 municípios paraenses pela Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP), os portões foram abertos às 8. O certame iniciou às 9 da manhã, findando às 13 horas. Constituído por uma prova objetiva, além de redação.

O município de Colares, com aproximadamente 11 mil habitantes, recebe, pela primeira vez, o curso de graduação em Engenharia de Pesca, curso sonhado por Andrey Ciro, de 20 anos. Vigia noturno, Andrey revelou estar muito contente com a oportunidade. “O mais importante é o conhecimento e os novos horizontes que podemos conquistar através deste curso. Posso trabalhar aqui ou procurar um emprego fora”, disse. Ele também relatou ter enfrentado dificuldades ao se preparar para o certame, mas não deixou de sonhar com uma vaga. “Conciliar os afazeres habituais com o trabalho de vigia de noite, além de cuidar dos filhos durante o dia, é complicado. E quando eu conseguia um tempo para estudar, a internet estava fora do ar. Onde moro a conexão é muito limitada, mas estou confiante!”, afirmou.

O vigia, Andrey Ciro.

A chefe de casa Sebastiana Moraes, 37, é moradora da comunidade Jenipaúba da Laura, próximo a Colares. Ela conta que o curso pode agregar tanto na vida pessoal, como ao município, já que a pesca é uma das atividades econômicas da região. “Muitas das vezes procuramos esses cursos em outros lugares e agora que tem aqui, temos que aproveitar, até porque o curso ofertado faz parte do nosso cotidiano. É uma expectativa para o futuro muito boa, que pode ajudar na economia daqui”, fala Sebastiana.

Candidata, Sebastiana Moraes.

As colarenses, Roberta Santos e a filha, Beatriz Miranda, foram duas das primeiras candidatas a chegar na Escola Estadual Dr. José Malcher, onde realizariam a prova. Para Roberta, 35 anos, o clima é de esperança e um pouco de nervosismo. “Assim que soubemos do curso, fizemos as inscrições. Estou ansiosa, mas tranquila ao mesmo tempo. A gente se ajudava e revisamos alguns conteúdos juntas”.

Para Beatriz, o curso é proveitoso para todos. “É um benefício também para cidade! Quando a pessoa estuda e adquire esses conhecimentos, ela está ajudando no desenvolvimento do município”, opina.


Beatriz e sua mãe, Raquel.

Concorrência:
O curso de Medicina Veterinária, em Parauapebas, foi o mais procurado, com 1.949 inscritos, seguido pela graduação em Engenharia Civil, no município de Juruti, com 785 candidatos. Agronomia, em Dom Eliseu, ocupou a terceira posição, com 725 candidatos.

No dia 18 de setembro, ocorrerá a prova do PSE 2023 da Universidade do Estado do Pará (UEPA) com mais de 1.900 vagas ofertadas. Também estão abertas as inscrições (até 10/10/22) para cursos do Instituto Federal do Pará (IFPA). Serão ofertadas 320 vagas, distribuídas em sete municípios do estado. 

Para conferir todas as informações sobre o PSE 2023 e resultados, clique aqui.