Na manhã deste domingo, 3, em Cametá, foram realizadas as provas para o processo seletivo da Prefeitura de Cametá para o cargo de agente comunitário de saúde. O certame é organizado e executado pela Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp). São 4.662 candidatos disputando 135 vagas. As informações são da Ascom/Fadesp.

O concurso para agentes comunitários de saúde ocorre depois de um período de adiamento, em função da fase mais dura da pandemia de covid-19. “Com o avanço da vacinação, Prefeitura de Cametá e a Fadesp decidiram retomar o processo, sem abrir mão de todos os protocolos de biossegurança, que estão sendo rigorosamente cumpridos”, explica Moisés Martins, coordenador de concursos e seleções da fundação.

Às 8 horas, os portões dos locais das provas no município foram abertos para entrada dos candidatos. Antes, entretanto, cada um teve temperatura checada e mãos higienizadas. O campus da UFPA em Cametá foi o local com maior número de candidatos. A prova foi aplicada em 23 escolas e instituições – visando a garantir distanciamento social seguro para todos os envolvidos: candidatos, colaboradores e equipe da Fadesp.

A pescadora Lucidalva dos Santos foi uma das primeiras a chegar ao local de prova, de onde saiu depois das 11 da manhã. Ela conta que decidiu se inscrever para ajudar a comunidade onde mora. “Temos necessidades muito grandes lá [de agentes de saúde] e há dez anos sou voluntária em Ajaraí Costa, junto a outras unidades de saúde”, explica. A retomada do processo seletivo foi uma notícia muito aguardada pela comunidade. “Não pude fazer cursinho. Achei a prova difícil, mas estou esperançosa”, conta.

A prova foi encerrada ao meio-dia. Os resultados preliminares podem ser acompanhados aqui pelo site da Fadesp.