A Câmara Municipal de Marabá realizou, na manhã deste domingo, 26, a prova prática da última etapa do concurso público para o cargo de técnico de tradução e interpretação de Libras. Conduzido pela Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP), o certame contou com 11 candidatos nesta fase final.

Abertura do portão – Pontualmente, às 7h da manhã, a coordenação do concurso autorizou a abertura do portão de acesso às dependências da Câmara Municipal de Marabá, local de realização da prova prática final. A primeira candidata chegou ao local instantes depois. Todos os finalistas foram conduzidos à sala de espera, após checagem de temperatura e higienização das mãos com álcool em gel. Também foi solicitado que todos desabilitassem alarmes dos celulares, desligassem os aparelhos, para guardá-los nos sacos com lacre de proteção.

Às 8h da manhã, o portão foi fechado e, na presença dos candidatos, foi realizado o sorteio para determinar as ordens de apresentação. Todos os 11 finalistas se apresentaram, não havendo faltosos neste estágio final. O malote contendo os HDs com as provas em vídeo também foi aberto na presença dos candidatos.

Estrutura completa – A especificidade da última etapa do concurso público da Câmara Municipal de Marabá exigiu a montagem de uma complexa estrutura técnica no local da prova. Para o exame prático à investidura ao cargo de tradutor e intérprete de libras foram montados dois estúdios, em salas separadas. FADESP e o Núcleo de Inovação e Tecnologias Aplicadas ao Ensino e Extensão – NITAE², da UFPA, uniram expertises na condução desta etapa final, otimizando o processo, por meio da utilização de equipamentos próprios e de ponta, garantindo o sigilo e segurança de todas as fases.

44 anos de experiência – A FADESP possui uma larga experiência no segmento de elaboração e aplicação de processos seletivos e concursos. Seu portfólio inclui ainda consultorias técnicas, análises, projetos – tudo visando a obtenção dos melhores resultados para a clientela (contratantes e contratados).